Desobesa Brasil Porto Alegre – Parque Marinha do Brasil 2015


No dia 28 de novembro de 2015 (sábado), ocorreu a 1ª Caminhada de Porto Alegre em Combate à Obesidade e a 12ª edição do Projeto Desobesa Brasil, no Parque Marinha do Brasil, promovido pela Associação Brasileira de Apoio aos Operados Bariátricos (ABAOB).

Clique na imagem para melhor visualização ...“O objetivo da Associação é de alertar a população sobre os riscos da obesidade, o sedentarismo e má alimentação, como fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. Como estratégia de enfrentamento para deter o crescimento da proporção de brasileiros que fazem parte desse grupo, com o apoio de entidades e profissionais especializados, promove e orienta sobre a melhoria de hábitos através da prática de atividades físicas e de lazer, e incentivando para uma alimentação saudável, menos calórica e mais nutritiva.”

Clique na imagem para melhor visualização ...Entre as capitais do país, Porto Alegre ocupa o quarto lugar no ranking de sobrepeso (55,3%), sendo campeã quando considerando apenas o sexo masculino (62%). No quesito obesidade, ocupa também o quarto lugar (20,9%). Os dados são do relatório do Ministério da Saúde, Vigitel Brasil 2014 – Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, com base em 41 mil entrevistas com brasileiros de ambos os sexos, com mais de 18 anos, de 26 capitais e Distrito Federal. O relatório também apresenta dados estatísticos em relação a dislipidemias (colesterol alto), atividades físicas e consumo alimentar. Para verificar, clique no link acima.

Clique na imagem para melhor visualização ...Depois dos norte-americanos são os brasileiros que mais recorrem à mesa de cirurgia para emagrecer. Conforme Bianca Tessele, presidente da ABAOB, “O que importa é combater a obesidade, de preferência antes de optar pela cirurgia. Alertar que a cirurgia não é mágica. Para mim funcionou, mas o tratamento é contínuo e tem que manter sempre a qualidade de vida nesse tratamento”.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 63% da população gaúcha está acima do peso. A cultura e os hábitos gastronômicos, além do sedentarismo, contribuem para o alto índice de obesidade no Rio Grande do Sul. A presidente do Conselho Regional de Educação Física do RS (Cref2/RS), Carmen Masson, comenta: “Antigamente, as pessoas corriam e jogavam futebol na rua, caminhavam nas praças, subiam em árvores, e desenvolviam, bem ou mal, as capacidades motoras e a condição física naturalmente. E hoje não acontece isso. A criança para poder ser um adulto saudável e os governos investirem menos em doenças futuras, ela tem que ter bons hábitos alimentares e atividade física”.

Clique na imagem para melhor visualização ...Nesse dia foram desenvolvidas diversas atividades conforme a programação divulgada.

A Associação também prestou esclarecimentos aos visitantes sobre a Cirurgia Bariátrica e distribuiu a Cartilha de uso da LEI Nº 11.746, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014, que “Obriga os bares, os restaurantes e os estabelecimentos similares a conceder desconto ou a oferecer prato especial de porção reduzida às pessoas que tenham realizado cirurgia bariátrica ou outra gastroplastia para redução do estômago”.


Texto e edição: Alberto Jacobsen
Fontes: Ministério da Saúde, IBGE, TVE e ABAOB


Galeria de Fotos
⇓ clicar na imagem para visualizar galeria de fotos …

Fotos da 12ª edição do Projeto Desobesa Brasil

Álbum – Fotos do Desobesa Brasil Parque Marinha do Brasil 2015

Link relacionado:
1ª Caminhada de Porto Alegre em combate à obesidade

Deixe uma resposta